Alerta Climático


At the first global gathering of Indigenous Peoples on climate change, participants were outraged at the intensifying rate of destruction the climate crisis is having on the Earth and all peoples.

Participants reaffirmed that Indigenous Peoples are most impacted by climate change and called for support and funding for Indigenous Peoples to create adaptation and mitigation plans for themselves, based on their own Traditional Knowledge and practices. Indigenous Peoples also took a strong position on emission reduction targets of industrialized countries and against false solutions.

The majority of those attending looked towards addressing the root problem – the burning of fossil fuels – and demanded an immediate moratorium on new fossil fuel development and called for a swift and just transition away from fossil fuels.

“While the arctic is melting, Africa is suffering from drought and many Pacific Islands are in danger of disappearing.  Indigenous Peoples are locked out of national and international negotiations,” stated Jihan Gearon, Native energy and climate campaigner of the Indigenous Environmental Network. “We’re sending a strong message to the next UN Framework Convention on Climate Change this December in Copenhagen, Denmark that business as usual must end, because business as usual is killing us.  Participants at the summit stood united on sending a message to the world leaders in Copenhagen calling for a binding emission reduction target for developed countries of at least 45% below 1990 levels by 2020 and at least 95% by 2050.”

“In Alaska, my people are on the front lines of climate change and are devastated by the fossil fuel industry,” related Faith Gemmill, Executive Director of Resisting Environmental Destruction on Indigenous Lands (REDOIL).  “Alaska natives network and we are fighting back.  We recently won a major battle last week as the District Court of Columbia threw out a plan to access 83 million acres of the Outer Continental Shelf that was driven by Shell Oil. Shell has a long history of human rights violations, for which many have suffered and died, like Ken Saro-Wiwa of the Ogoni People in the Niger Delta of Africa.”

Tom Goldtooth, Indigenous Environmental Network’s Executive Director, commented, “We want real solutions to climate chaos and not the false solutions like forest carbon offsets and other market based mechanisms that will benefit only those who are making money on those outrageous schemes ”  He added, “For example one the solutions to mitigate climate change is an initiative by the World Bank to protect forests in developing countries through a carbon market regime called Reducing Emissions from Deforestation and Forest Degradation or REDD.”  He concluded, “Don’t be fooled, REDD does nothing to address the underlying drivers of deforestation.”

At a World Bank presentation at the global summit, Egberto Tabo, General Secretary of COICA, the Coordinating Body of Indigenous Organizations in the Amazon Basin denounced “the genocide caused by the World Bank in the Amazon.” Mr. Tabo also categorically rejected the inclusion of forests in the carbon market and the Bank’s funding of REDD. The World Bank’s representative, Navin Rai admitted that “the Bank has made mistakes in the past..We know that there were problems with projects like the trans-amazon highway.” But REDD, he argued would not be more of the same. However, indigenous leaders at the global summit were unconvinced by his assurances and the Work Bank presentation ended with a Western Shoshone women’s passionate appeal to the Bank to stop funding projects that endanger the survival of indigenous peoples.
Source: Global Justice Ecology
Published Monday, 27 April, 2009 – 13:19

Anúncios
Assine contra a MP que acabará com as florestas
A Câmara dos Deputados aprovou na semana passada uma medida feita sob encomenda para acelerar as obras de infra-estrutura previstas no PAC (Plano de Aceleração do Crescimento), capitaneado pela ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff.

Em um ato de oportunismo político, o deputado petista José Guimarães (CE) “enxertou” na Medida Provisória (MP) 452 uma emenda que dispensa de licenciamento ambiental prévio as obras em rodovias brasileiras. Originalmente, a MP 452 tinha como propósito modificar a lei que cria o Fundo Soberano do Brasil (FSB). Como se não bastasse, a emenda estabelece ainda prazo máximo de 60 dias para a concessão da licença de instalação. Ao final desse prazo, a licença será automática.

A destruição da Amazônia não provoca apenas perda acelerada da biodiversidade e impactos no modo de vida da população local. O desmatamento é também a principal fonte de emissões de gases do efeito estufa no Brasil, colocando o país na posição de quarto maior poluidor do clima global.

Várias iniciativas como essa e o Projeto Floresta Zero, em tramitação no Congresso Nacional, colocam em xeque as metas de redução de desmatamento assumidas internacionalmente pelo governo brasileiro no Plano Nacional de Mudanças Climáticas. A MP 458 segue agora para o Senado e, se aprovada, pode causar danos sem precedentes ao meio ambiente, em particular à Amazônia e ao clima global.

O futuro da floresta – e das futuras gerações – depende das escolhas que fazemos hoje. Diga aos senadores que você é contra a aprovação desta emenda e a favor do desmatamento zero.
Zerar o desmatamento é a principal contribuição do Brasil na luta contra as mudanças climáticas.

Clique aqui e participe!

Seu gesto vai fazer a diferença!

Combate às Alterações Climáticas Duarte Freitas em vídeo do PPE-DE
AzoresDigital – Terceira,Açores,Portugal
Num projecto do Partido Popular Europeu (PPE) que visa sensibilizar a população europeia para o problema das alterações climáticas, foi lançado no Youtube
Alterações climáticas forçam pássaros a migrações mais longas
SIC – Lisboa,Lisboa,Portugal
As mudanças climáticas aumentam ainda mais os riscos. As altas tremperaturas estão a empurrar os pássaros mais para norte, forçando-os a migrações mais
Redução de 70% bastaria para salvar gelos do Árctico
Diário de Notícias – Lisboa – Portugal
Embora a temperatura continuasse a aumentar, os aspectos potencialmente mais perigosos das alterações climáticas (fusão da calote glaciar,
Estratégia para alterações climáticas «aprovada ainda este ano»
Diário IOL – Lisboa,Portugal
Redacção / AP A estratégia nacional de adaptação às alterações climáticas deverá ser «aprovada ainda este ano», confirmou esta quarta-feira o ministro do
FEC promove campanha internacional sobre alterações climáticas
Agência Ecclesia – Lisboa,Lisboa,Portugal
O workshop será conduzido por Cliona Sharkey, responsável pela política da CIDSE para as alterações climáticas. A CIDSE compreende 16 organizações católicas
Medida para salvar gelo do Árctico
Correio da Manhã – Lisboa,Lisboa,Portugal
sobretudo de CO2, durante este século, seria suficiente para salvar os gelos do Árctico e evitar consequências dramáticas nas alterações climáticas,
«A humanidade está a aproximar-se do precipício»
Diário IOL – Lisboa,Portugal
Por: Redacção / AP O presidente do Painel Intergovernamental para as Alterações Climáticas da ONU e prémio Nobel da Paz, Rajendra Pachauri, declarou esta
Nobel da Paz elogia Portugal e pede mudança dos estilos de vida
Diário IOL – Lisboa,Portugal
Rajendra K. Pachauri esteve em Portugal esta terça-feira para falar das alterações climáticas. Isto é falar do estado presente do planeta,
Workshop sobre mudanças climáticas acontece nesta quarta-feira
JC OnLine – Recife,PE,Brazil
além de reunir no Estado os principais pesquisadores e instituições nacionais voltadas aos estudos sobre as alterações climáticas do meio ambiente,
Crise vai ajudar Portugal a cumprir Quioto
Diário IOL – Lisboa,Portugal
A crise económica vai ajudar no cumprimento das metas do Protocolo de Quioto, considera um especialista em alterações climáticas, sublinhando que Portugal

Nobel da Paz discursa em Lisboa
Diário IOL – Lisboa,Portugal
O economista indiano Rajendra Pachauri, cujo combate contra as alterações climáticas lhe valeram o Nobel da Paz 2007, é o convidado deste ano da conferência
Quatro passos essenciais para o Acordo de Copenhaga
Jornal de Negócios – Portugal – Lisboa,Lisboa,Portugal
A Conferência das Nações Unidas sobre as Alterações Climáticas, que vai decorrer este ano em Copenhaga, representa para a humanidade uma ocasião histórica
Ave do ano em risco de extinção
Diário de Notícias – Lisboa – Portugal
Quanto às alterações climáticas, ao contrário de outros especialistas da SPEA, Domingos Leitão garante que “ainda não existem provas para podermos ga-

CE quer reduzir 20% as emissões de carbono
Computerworld (Assinatura) – Lisboa,Portugal
A tecnologia representa um papel vital nos esforços da Europa para enfrentar as alterações climáticas, mas, ao mesmo tempo, é também parte do problema,

A «urgência» em travar as alterações climáticas em alerta na
Diário IOL – Lisboa,Portugal
As «Alterações Climáticas» foram o tema de abertura do ciclo de conferências «Um alerta global para o desenvolvimento sustentável», que todas estas
Empire State remodelado para ficar «verde»
Diário IOL – Lisboa,Portugal
A decisão foi anunciada segunda-feira pelos proprietários do famoso arranha-céus, que assim se associam à luta contra as alterações climáticas.

Futuro climático é inquietante
Jornal de Notícias – Porto,Porto,Portugal
A questão das alterações climáticas pode ser vista como artificial, pelo menos na ênfase que lhe é dada? Seria muito bom que chegássemos à conclusão de que
Governo disponibiliza site para avaliar alterações climáticas
Diário Digital – Lisboa,Portugal
o cumprimento das medidas do Programa Nacional para as Alterações Climáticas (PNAC), disse o coordenador da Comissão para as Alterações Climáticas.
Rajendra Pachauri: como ganhar 10 entradas para almoço-conferência
Expresso – Porto,Portugal
O Expresso tem 10 entradas para os leitores que derem as melhores respostas a uma pergunta sobre alterações climáticas até 9 de Abril.
Jornal Hardmusica

Ambiente em debate na CulturGest
Jornal Hardmusica – Lisboa,Portugal
Alterações Climáticas, por António Gonçalves Henriques, Viriato Soromenho Marques e Nuno Lacasta. António Gonçalves Henriques é Doutor em Engenharia Civil

Obama promete à Europa “liderar” combate às alterações climáticas
Jornal de Negócios – Portugal – Lisboa,Lisboa,Portugal
afirmou ontem que se os Estados Unidos ea União Europeia agirem unidos podem “fazer a diferença”, designadamente no combate às alterações climáticas.
Nova postura sobre ambiente ainda longe do desejado
Jornal de Notícias – Porto,Porto,Portugal
Com Obama, as alterações climáticas voltam a ter lugar na agenda política. Oito anos de mandato de Bush haviam significado, por parte de um dos maiores

Barroso saúda convergência americana na luta contra as alterações
Público.pt – Lisboa,Lisboa,Portugal
Durão Barroso diz que as posições dos Estados Unidos e da Europa na luta contra as alterações climáticas estão a convergir desde a chegada à presidência
Durão e Obama reunidos pela primeira vez oficialmente
Diário Digital – Lisboa,Portugal
manhã em Praga no primeiro encontro oficial entre os dois para abordar a questão das alterações climáticas, segurança energética e comércio mundial.
Cimeira em Praga antecedida esta manhã por grande discurso de
RTP – Lisboa,Portugal
Europeus e norte-americanos irão principalmente abordar a questão da luta contra as alterações climáticas, uma matéria em que os 27 pretendem uma

Clima: Gelo da Antártida está a derreter mais depressa do que se
Jornal de Notícias – Porto,Porto,Portugal
Washington, 03 Abr (Lusa) – O Instituto Geológico dos Estados Unidos revelou hoje que as alterações climáticas registadas no planeta estão a derreter os

Chuvas na Amazônia devem aumentar nos próximos meses

JB Online – Rio de Janeiro,RJ,Brazil
MANAUS – As chuvas que atingem a região Norte nos últimos dias e que já deixaram milhares de desabrigados devem se agravar até junho, mês de maior alta do

Governo alerta para risco de enchentes na Amazônia
Zero Hora – Porto Alegre,RS,Brazil
Agora a principal preocupação das autoridades é com o município de Manaus. A Agência Nacional de Águas já soltou o alerta: em dois dias, um dos principais

Tony Blair pelo ambiente
O ex-primeiro-ministro britânico Tony Blair anunciou esta quinta-feira que vai dirigir uma campanha internacional contra as alterações climáticas,

UE relaciona mudança climática a conflitos e insegurança
Agência Lusa – São Paulo,SP,Brazil
Bruxelas, 7 mar (Lusa) – As alterações climáticas são identificadas como um fator de risco para a insegurança e conflitos em um relatório que será

Cabo Verde: Polícia nacional terá corpo especial de protecção de
RTP – Lisboa,Portugal
dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), destinado a debater as alterações climáticas e suas repercussões e criar um espaço de cooperação nessa matéria.

Especialista cobra uso da força eólica e solar no NE
Diário de Natal – Natal,RN,Brazil
Durante seu pronunciamento, Thelma mostrou um pouco da situação do Brasil frente às alterações climáticas provocadas pelo aquecimento global,

Brasileiros estão atentos ao aquecimento global
Consumidor Moderno – São Paulo,SP,Brazil
Levantamento realizado pela Accenture aponta que 96% da população brasileira está atenta aos impactos das alterações climáticas. No mundo, este índice é de

Empresas petrolíferas enfrentam novos riscos
Jornal de Negócios – Portugal – Lisboa,Lisboa,Portugal
As empresas petrolíferas estão a enfrentar um novo conjunto de riscos críticos para os seus negócios, como as alterações climáticas, o crime cibernáutico ou

Relatório da OCDE alerta para riscos de gestão insustentável do
AmbienteOnline – Lisboa,Lisboa,Portugal
que indica que entre os desafios mais urgentes estão os fenómenos das alterações climáticas, da perda da biodiversidade, da gestão não-sustentável dos

Ação deve ser rápida para conter mudança climática, diz OCDE
Estadão – São Paulo,SP,Brazil
Doug Mellgren, AP OSLO, Noruega – O mundo tem que lidar com as alterações climáticas agora – ou pagará um preço muito mais elevado depois,

EUA vão promover fundo de 2 mil milhões de dólares para renováveis
Jornal de Negócios – Portugal – Lisboa,Lisboa,Portugal
“Os EUA estão a lidar seriamente com as alterações climáticas. Deve haver um acordo internacional? Certamente. E nós apoiaremos.

Impacto de alterações do clima na saúde já se sentem
Diário dos Açores – São Miguel,Açores,Portugal
A Organização Mundial de Saúde (OMS) defendeu que a discussão sobre os efeitos negativos das alterações climáticas deve centrar-se nas pessoas e não apenas

UE: Socialistas europeus acusam Durão Barroso de “inacção
RTP – Lisboa,Portugal
“Enquanto 78 milhões de europeus estão ameaçados de pobreza ea UE enfrenta os desafios do desemprego, exclusão social, alterações climáticas e instabilidade

Página seguinte »