As lanças do crepúsculo – relações jivaro na Alta Amazônia
Philippe Descola
Tradução: Dorothée de Bruchard
Revisão técnica: Renato Sztutman
Publicação: set. 2006

Esta obra se inscreve na tradição francesa dos relatos de viagem ou, mais especificamente, dos relatos de pesquisa de campo antropológica.
O livro é um relato subjetivo, que descreve a experiência de Descola entre os índios Achuar da Amazônia equatoriana – entre 1976 e 1978 -, misturando a observação etnográfica – que transita do cotidiano ao extraordinário – com digressões sobre temas antropológicos e filosóficos variados, sempre sob um tom literário capaz de transformar situações vividas em enredos que prendem a atenção do leitor.
As lanças do crepúsculo é, por isso, um livro escrito não apenas para especialistas da área, mas sobretudo para um público mais amplo, interessado na experiência de um antropólogo com uma população indígena da floresta amazônica.
Para esta edição, foram recuperadas as fotos que o próprio autor fez durante sua estadia entre os Jivaro e publicadas na edição francesa original. Os desenhos dos objetos indígenas são de Philippe Munch.
Além disso, o volume é acompanhado de glossários, índices onomásticos, temáticos e de lugares e sobre o autor.