braga-presidentevenezuela.jpgMANAUS – O governador Eduardo Braga apresentou ontem ao presidente da Alemanha, Horst Köhler, durante encontro realizado no Teatro Amazonas, a proposta de criação de uma espécie de “Bolsa Florestal” para que o primeiro mundo possa remunerar o Estado do Amazonas pelos serviços ambientais prestados ao planeta a partir da preservação de praticamente 98% da sua floresta nativa.

A proposta apresentada por Eduardo Braga prevê que a metade dos recursos – 5 milhões de euros – seja destinada às famílias que vivem em áreas protegidas – porque elas são as verdadeiras guardiãs da floresta – e a outra parte direcionada ao financiamento de programas como o Zona Franca Verde, que promove o desenvolvimento sustentável.

No início de fevereiro deste ano o governador do Amazonas manteve reuniões com os técnicos do Banco Mundial e do Banco Interamericano de Desenvolvimento, nos Estados Unidos, e com representantes de organizações britânicas discutindo estratégias que possibilitem o aporte de recursos como forma de pagamento pela preservação.

Fonte: Agecom/C.R