BRASÍLIA – O ministro das Relações Institucionais, Tarso Genro, afirmou que a grande preocupação do governo Lula em relação ao meio ambiente é afirmar os direitos indígenas fundamentais, demarcar as terras dos índios, proteger o meio ambiente, a biodiversidade brasileira e integrar a Amazônia a um projeto nacional de desenvolvimento.

Em entrevista hoje (8) a emissoras de rádio do país, Tarso disse que a questão ambiental não é fácil de ser abordada, embora a ministra do Meio Ambiente, Marina Silva, tenha feito um ótimo trabalho. O ministro citou algumas realizações do governo Lula nessa área, como a política de demarcação de terras indígenas e de proteção das fronteiras.

“Há uma grande preocupação em todos os países, como territórios indígenas e sua demarcação. Há uma grande preocupação também para que essa demarcação não seja utilizada através de uma visão internacional, que vem sendo trabalhada por algumas organizações internacionais que não têm interesse numa preliminar fundamental: a Amazônia é, sim, um patrimônio da humanidade, mas é, sobretudo, um território brasileiro”.

Segundo ele, a Amazônia é hoje a chave de um projeto nacional.

“Ela é a própria síntese de um projeto nacional, porque, dependendo da forma que ela vai sendo integrada nesse projeto, e, repito, respeitando esses espaços territoriais, ancestrais, e ao mesmo tempo utilizando forma equilibrada, de forma responsável essa biodiversidade, e mantendo o equilíbrio desse ecossistema. Dependendo disso, vamos estar mais ou menos próximos da construção de um projeto da nação”.
Fonte: Agência Brasil – DM

in Notícias 24 Horas