corumba.jpgUma das mais tradicionais escolas de samba de Corumbá, A Pesada, apresentará na Avenida General Rondon, neste carnaval, o enredo “Amazônia, seus encantos, mistérios e magia”. Doze pessoas trabalham no barracão, dia e noite, para garantir a confecção de fantasias e adereços, além de 4 carros alegóricos.

De acordo com a carnavalesca Jô Urtado, foi preciso um longo período de pesquisas sobre a região norte. “Recorremos à internet, reportagens e também a profissionais de outros centros como Rio de Janeiro, São Paulo e Brasília”, explicou, ao creditar ao intercâmbio muitas novidades para a passarela do samba corumbaense. Um exemplo dessa troca de experiências é o samba-enredo da agremiação. “Comentamos sobre nosso enredo com o Paulo Uig, da União da Ilha, e ele nos presenteou com o samba”, disse.

A escola pretende desfilar com cerca de mil componentes que trarão as fantasias idealizadas pelo carnavalesco Marcos Vinicíus ‘Dolly’. “O público perceberá muito colorido porque queremos fugir dessa idéia de concentrar no verde da floresta. Até porque sabemos que há muita vida debaixo das árvores”, contou Dolly, ao Corumbá On Line, detalhando algumas alas, como a do boto-rosa e das borboletas. Apesar disso, revelou que o casal de mestre-sala e porta-bandeira não terá como fugir da tonalidade verde, pois é a parte escolhida para as riquezas vegetais da Amazônia.

As fantasias principais, de luxo, são guardadas em uma sala sob a responsabilidade de Jô Urtado que carrega o segredo amarrado ao corpo. “A chave fica aqui, pendurada num cordão em meu pescoço”, exibiu ao afirmar que foram poucos os integrantes da escola que viram os trajes que prometem encher os olhos dos foliões e jurados.

Para os 4 carros alegóricos, ela apostará em muitos efeitos especiais que também estão sob sigilo. Porém na Comissão de Frente, ela deixou escapar que o diferencial virá em estruturas que se transformarão ao longo do desfile. Doze pessoas estão recebendo a instrução de uma bailarina para, em movimentos precisos, representarem os Guardiões do Eldorado, que é a cidade revestida em ouro contada nos causos amazônicos. “Usaremos muito dourado nesta parte inicial do desfile”, comentou. O mito do Eldorado também estará presente no abre-alas que, além do símbolo da escola, trará uma pirâmide dourada e muitos elementos da floresta.

Festa do Boi

Na bateria, as roupas dos 150 ritmistas reunirão o vermelho, do boi Garantido, e o azul, do boi Caprichoso numa referência à Festa do Boi de Parintins. Para a madrinha, a temática indígena foi a inspiração da fantasia. A carnavalesca Jô apostará nos conhecimentos adquiridos durante os cursos oferecidos pela Prefeitura de Corumbá. “Iremos abusar da maquiagem e da pintura cênica em vários pontos da escola, inclusive na madrinha da bateria que será uma deusa indígena”, afirmou.

Sem revelar detalhes, Jô Urtado comentou que o desfile deve se encerrar com uma imagem contrastante do início. “Toda aquela beleza, riqueza, bom…vocês vão ver o que vai acontecer”, finalizou.

O barracão da escola fica na Rua Tiradentes, esquina com a Avenida General Rondon. Mais informações pelo telefone 3231-1331 ou 9626-2489.

in Corumbá On Line