O Sebrae promove, na próxima segunda-feira, 25, às 19h, o lançamento no Maranhão do Amazontech 2006. O evento acontece no auditório Armando Gaspar, do Sebrae Jaracaty. Para o lançamento do Amazontech, virá a São Luís Silvaneide Guedes, coordenadora do evento Sebrae no Pará.

Realizado pelo Sebrae e Embrapa, o Amazontech – evento internacional, de cunho tecnológico e empresarial – vai reunir em Belém, entre os dias 22 e 26 de novembro, especialistas de várias áreas do conhecimento e o empresariado da região. O evento tem cunho científico e tecnológico, mas também dimensões empresariais e educativas.

Sete eixos temáticos vão compor a programação do Amazontech, neste ano: ‘Sustentabilidade da floresta’; ‘Bioindústria e Bioenergia’; ‘Exploração sustentável dos minerais e das fontes energéticas’; ‘Comércio Justo’; ‘Desenvolvimento sustentável de pequenos negócios’; ‘Água’; e ‘Mercado de Carbono’.

No final do evento, será apresentada a proposta de criação de um Fundo de Desenvolvimento para a Amazônia. A programação do Amazontech 2006 inclui ainda rodada de projetos e de negócios, além de programação cultural.

O projeto Amazontech foi criado pelo Sebrae há cinco anos. O objetivo é fomentar o desenvolvimento sustentável e tecnológico da Amazônia, estimulando negócios ecologicamente corretos, intercâmbio de conhecimentos e de experiências exitosas, além da exposição de projetos e pesquisa voltados para a auto-sustentabilidade da Região Amazônica.

A primeira edição do Amazontech aconteceu em 2001, em Roraima, a partir de uma iniciativa da Embrapa e Sebrae no Estado. Em 2002, foi a vez da capital do Acre, Rio Branco, sediar o evento. No ano seguinte, em 2003, o evento aconteceu em Manaus. O último estado a realizar o Amazontech foi Mato Grosso, em 2004.

Entre os destaques do Amazontech 2006, está a Vitrine Tecnológica, a vitrine viva da Embrapa, que será montada em uma área de 8 mil metros quadrados na própria instituição. Cerca de 140 tecnologias aplicáveis à região Amazônica serão expostas, entre espécies vegetais e animais – búfalos, caititus, cabras e ovelhas. O projeto visual inclui um mirante de aproximadamente seis metros de altura.

Estima-se que 13 mil pessoas sejam atendidas diretamente na Vitrine Tecnológica durante o Amazontech 2006.

“Iniciativas como a Amazontech contribuem para estimular o aproveitamento dos recursos amazônicos em bases sustentáveis e a melhoria da qualidade de vida na região”, avalia o Presidente do Conselho Deliberativo do Sebrae no Maranhão, José de Ribamar Barbosa Belo.

in Jornal Pequeno