Em nota pública lançada no dia 9 de agosto, a Coordenação das Organizações Indígenas da Amazônia Brasileira (Coiab), a maior organização indígena brasileira, pede saída imediata do presidente da Funai, Mércio Gomes, e exige do governo federal a imediata instalação da Comissão Nacional de Política Indigenista, que deverá substituir a Funai como principal articulador da política indigenista no âmbito federal.

A Nota na íntegra  [ler]